Horário de Funcionamento : Segunda a Sexta - 07:00 às 17:00
  Contato : (27) 2104-6200

Resultados para: Outros

SOP: mude o seu estilo de vida para viver bem!

É essencial que a mulher diagnosticada com SOP tenha consciência da importância de manter um estilo de vida saudável.

A Síndrome dos Ovários Policísticos é uma condição na qual certos hormônios estão desequilibrados. Ela é caracterizada por ciclos menstruais irregulares, altos níveis de andrógenos (tipo de hormônios que inclui a testosterona) e pequenos cistos nos ovários.⠀

A SOP pode causar sintomas como excesso de pelos, obesidade, acne e mudanças de humor. Ela também pode prejudicar a saúde de um modo geral, como: doenças cardiovasculares, do diabetes tipo 2 e INFERTILIDADE.⠀

Mas saiba que é possível ter o controle da SOP, e manter um corpo saudável e com boas taxas. ⠀
Basta levar a sério os exercícios físicos e manter uma dieta equilibrada.
Apenas com essas primeiras atitudes a saúde já vai apresentar boa resposta.

Também é importante que o acompanhamento médico seja mantido sempre em dia!⠀

Leve a sério a manutenção da sua saúde!

Saiba mais

4 livros que todos os casais devem ler antes de engravidar

Uma coisa é fato: ler ajuda a manter o equilíbrio emocional em qualquer fase da vida.

E para os casais que planejam ter um filho é muito importante que comecem os preparativos para as mudanças que ocorrerão com a gravidez e a chegada do bebê.

São muitas dúvidas, novidades e expectativas. E uma excelente solução é a leitura de alguns livros indicados para os casais que vão iniciar essa emocionante jornada.

Veja 4 bons livros que você vai gostar de ler:

1. O que Esperar Quando Você Está Esperando, de Arlene Eisenberg, Heidi Murkoff e Sandee Hathaway

Um guia prático para diversas dúvidas que os casais de primeira viagem costumam ter.
2. O Diário de Bordo da Família Grávida, de Luciana Herrero

Um livro dinâmico e de fácil leitura, no qual as fases da gravidez são divididas por capítulos.
3. Diário de um Grávido, de Renato Kaufmann

Livro bem descontraído em que o autor mostra o lado masculino da gravidez, revelando os medos e como lidar com as mulheres e seus hormônios durante a gravidez.
4. A Maternidade e o Encontro Com a Própria Sombra, de Laura Gutman

Excelente para entender como a gravidez e um filho podem impactar a vida da mulher.

Saiba mais

Menino ou Menina?

Os papais ficam super ansiosos para comprar roupinhas, brinquedos e escolher o nome do bebê. E tudo isso só faz com que o período de espera para descobrir o sexo pareça ser eterno!⠀

Podemos descobrir o sexo do bebê por volta da 16ª semana através de um ultrassom.
Mas para os ansiosos de plantão, existe um exame que pode ser realizado a partir da oitava semana: o exame de Sexagem Fetal. Ele aponta o sexo do bebê com quase 100% de acerto. Não é invasivo, pois é realizado com amostra de sangue da mãe, e não oferece risco algum à ela ou ao bebê.⠀

E você, está preparado para saber se é menino ou menina?⠀

Saiba mais

Novembro Azul

O mês de novembro chama a atenção para conscientizar sobre a importância dos cuidados com a saúde masculina, especialmente a prevenção do câncer de próstata, que o quanto antes for diagnosticado, oferece maiores chances de cura.

No Brasil, o câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens (atrás apenas do câncer de pele não-melanoma).

Infelizmente ainda existe uma grande parte dos homens que são resistentes em relação à realização dos exames preventivos. Por isso, a cada ano as campanhas sobre o Novembro Azul estão sendo intensificadas. O grande objetivo é desconstruir esse pensamento contrário e ressaltar a importância do cuidado com a saúde masculina.

Encontrar um tumor numa fase inicial possibilita maior chance de tratamento bem sucedido. A detecção precoce é feita por meio do toque retal e do exame de sangue para avaliar a dosagem do PSA (antígeno prostático específico).

Segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA), existem alguns sinais e sintomas que devem deixar o homem em alerta:

-Dificuldade de urinar
-Diminuição do jato de urina
-Necessidade de urinar mais vezes durante o dia ou à noite
-Sangue na urina

Na maior parte das vezes, esses sintomas não são causados por câncer, mas é importante que, ao percebê-los, o homem busque um médico para a investigação imediatamente.

Homem, que tal tirar um tempinho para cuidar de você mesmo?

É importante estar sempre atento quanto a sua saúde física e mental, a fim de evitar problemas mais graves e garantir mais tranquilidade aos seus dias.

Saiba mais

Congelamento de óvulos e a Nutrição

O congelamento de óvulos permite que a mulher aumente as chances da maternidade, dando a ela o direito de ter um bebê sem pressão!

Ainda é um tabu, mas torço para que em um futuro próximo se torne algo cultural, onde os profissionais que acompanham essas mulheres orientem quanto a necessidade de avaliar a reserva ovariana.⠀

Uma vez que a reversa ovariana está diminuída, sugerir o congelamento dos óvulos para que essa mulher possa com leveza decidir o melhor momento sem abrir mão do sonho da maternidade.⠀

INDICAÇÃO:⠀

1- Mulheres adultas em qualquer fase (a partir dos 18) que serão submetidas ao tratamento de câncer ou com doenças autoimunes⠀

2- Mulheres a partir dos 30 que sonham em ser mãe sem pressão! rs Que ainda não tem previsão seja por estar focando na carreira profissional, ou ainda não ter encontrado um parceiro, ou qualquer outro motivo que a leve não querer engravidar no presente momento

3- Pacientes após 32 anos já tentante e com dificuldade em engravidar. Congelar e continuar tentando, se não conseguir natural (opção 1) você tem chance de fazer um FIV.⠀

4- Mulheres após os 30 que no presente momento não desejam filhos mas tem receio de passar o tempo se arrepender depois⠀

5- Qualquer mulher que desejar por qualquer motivo

Uma vez que decidiu coletar, procure um nutricionista que atue na área, a nutrição entra como aliada já que aumenta a reserva ovariano e qualidade desse óvulo coletado para congelar, influenciado de forma positiva em toda cadeia aumentando as chances da fertilização e de uma gestação/bebê saudável. ⠀

Conteúdo elaborado pela nutricionista Dra. Tatiane Soares.⠀

Saiba mais

Ácido Fólico: qual a real importância?

Para a saúde da gestante e para o desenvolvimento do bebê, o ácido fólico é de total importância!

O ácido fólico – também conhecido como vitamina B9 – é responsável por reduzir o risco de deficiências no cérebro e na coluna vertebral do bebê.

Esse tipo de deficiência recebe o nome de ‘deficiências do tubo neural’. Logo no primeiro mês de gestação esse tubo neural se converte no cérebro e na medula espinhal do bebê.

Por isso que a suplementação com ácido fólico é recomendada para as tentantes e gestantes. É logo no início da gravidez que ele faz toda a diferença!

Mas o ácido fólico também pode ser encontrado nos alimentos. Tão importante quanto a suplementação é a alimentação saudável.
Inclua na sua rotina alimentar: abacate, manga, melão, melancia, banana, morangos, laranjas e também em todos os vegetais de folhas verdes escuras, espinafre, brócolis, couve, e grãos, como lentilhas e feijões.⠀

Tentante, nossa orientação é que você busque ajuda nutricional desde já.
Aqui na Clínica Jules White nós contamos com o apoio da nutricionista Tatiane Soares.

Saiba mais

O que os estudos mais atualizados dizem sobre a relação da vacina contra COVID-19 e a FIV

A vacinação contra a COVID-19 está avançando em todo o país. A esperança de dias melhores que é proporcionada ao vacinado, também gera dúvidas para as tentantes.

A Sociedade Brasileira de Reprodução Assistida, junto com a REDLARA e outras instituições publicaram no início do ano um posicionamento positivo sobre a efetividade da vacina.

Meses se passaram e estudos científicos continuam acontecendo em torno do tema.

Um estudo de maio de 2021 teve o objetivo de avaliar a influência da vacina de mRNA SARS-CoV-2 em tratamentos de FIV.

Foram analisados 36 casais de 7 a 85 dias, após receber a vacina de mRNA SARS-CoV-2. Nenhuma diferença entre os ciclos foi observada na estimulação ovariana e variáveis ​​embriológicas antes e depois de receber a vacinação de mRNA SARS-CoV-2.
“A vacina de mRNA SARS-CoV-2 não afetou o desempenho das pacientes ou a reserva ovariana em seu ciclo de FIV subsequente imediato. Futuros estudos maiores com acompanhamento mais longo serão necessários para validar nossas observações.”

Este mês um novo estudo foi publicado: “A resposta imune à infecção por coronavírus 2019 (COVID-19) ou a vacina de mRNA BNT162b2 envolve o folículo ovariano e afeta sua função?”

Foram 32 pacientes de FIV avaliados entre 1º de fevereiro e 10 de março de 2021, infectados com COVID-19, vacinados ou não expostos.

E mais uma vez os resultados foram bons.  “Nenhuma diferença foi detectada em qualquer um dos parâmetros de relatório de qualidade do folículo ovariano substituto.”
“Tanto a infecção por SARS-COV-2 quanto a vacinação com a vacina de mRNA BNT162b2 medeiam a imunidade IgG que atravessa o fluido folicular. Nenhum efeito prejudicial na função folicular foi detectado.”

Nós vamos continuar acompanhando os estudos.

Saiba mais

UMBIGO DO BEBÊ: vamos simplificar!

Após o parto, o recém-nascido ainda tem um pedaço do cordão umbilical preso ao umbigo – o chamado coto umbilical -. ⠀
Esse tecido cai entre 7 e 15 dias após o parto, mas durante esse período é preciso higienizá-lo com bastante cuidado.⠀

Mas é simples: a limpeza do coto umbilical deve ser feita por toda extensão, com álcool a 70%, em uma média de três vezes por dia, com um cotonete. Mesmo que tenha um pouco de sangramento, pode passar álcool. O umbigo não dói e a criança reclama porque o álcool é gelado!⠀

IMPORTANTE: se você sentir um cheiro forte ou observar que sai uma secreção ou sangramento anormal do umbigo da criança, leve-a imediatamente a um pediatra, para que ele possa verificar se está tudo bem. Isso pode ser sinal de infecção.⠀

Saiba mais

Música faz bem para a mamãe e o bebê

A música é um estímulo que funciona como uma verdadeira terapia durante a gestação.
Ela ajuda a estimular a criatividade, facilita a comunicação entre mãe e filho, ajuda a reduzir o estresse e alivia a ansiedade – bastante comum nos noves meses-.⠀

É importante você saber que: a audição é o primeiro sentido a ser despertado no bebê, que consegue perceber os barulhos externos a partir da 16ª semana de gestação. Na 20ª semana eles já são capazes de reagir aos sons e depois, de 25 semanas, conseguem reconhecer os diferentes tipos de sons, entre eles, a voz da mãe.⠀

Ao ouvir a mãe, o bebê sente-se tranquilo e seguro, fortalecendo o vínculo.⠀

Por isso, cante! Conte histórias e converse com o pequeno, mesmo que ele ainda esteja na barriga.⠀

Você vai relaxar e ele vai interagir.⠀

Saiba mais